sábado, 27 de novembro de 2010

Bichon Frse


Bichon Frse
Pais de origem França – Bélgica,no passado foi considerado como uma raça espanhola,introduzida nas ilhas Canarias no seculo XIV,o que fez com que durante muito tempo ele se chamasse o “Tenerife”,do nome da capital dessas ilhas. Ele surgiu durante a renascencense italiana de um cruzamento entre o Bicho,Maltes e outros pequenos cães Barbetes e Poodles,seus nome surgiu do diminutivo “Barbichon”na França foi introduzido no Reino de Francisco I,ele devia usufruir de uma grande popularidade com Henrique III,que o tinha como raça favorita,ele foi implantado na Bélgica durante a ocupação espanhola de Flandres,Ele se exibia nos salões literário do seculo XVII,do segundo Império “Betle Epoquê”
Reconhecido na França em 1933 ele se tornou raça Franca,Belga em 1960,ele volta a ter popularidade.
Pelagem
Branca – pura,comprimento de 7 à 10 cm,fino sedoso em forma de saca rolhas bem solto,ondulado nem chato e nem em forma de cordão.
Tamanho
De: 25 à 30 cm, tanto macho como fêmea.
Peso
Ambos os sexos de 2,5 à 3 kilos
Temperamento
Robusto,vivo,exuberante,muito alegre esse cão é dotado de uma grande facilidade de adaptação,sensível e meigo,é um companheiro encantador.
Obs:Não suporta solidão,sua pelagem deve ser escovada diariamente.Tratamento de pelo constante,banho no minimo quinzenal.
Grande Companheiro



Share/Save/Bookmark

Cocker Spaniel Ingles

>
             Cocker, Spaniel Inglês
 Está raça provem dos Spaniel da Idade Média na Grã - Bretanha desde o seculo XIV,que era utilizado a caça de rede sobre pássaros.
 Foi selecionado pelos criadores britânicos e no seculo XVIII o Cocker Inglês,estava especializados para a caça da galinha (Cocking).Foi realizada uma contribuição de sangue de Spaniel Anão Inglês.Seu reconhecimento oficial ocorreu em 1883.Uma primeira importação na França e nos Estados Unidos ocorreu na mesma época.O Spaniel club foi fundado em 1898,é a raça mais popular,conhecida e difundida dos Spaniels.que hoje em dia é conciderada principalmente como um modelo de cão de companhia.
                                                 Pelagem
 Chata,sedosa,pouco abundante e nunca ondulada,franjas nos membros e no corpo.
                                                   Cores
 Preto inteiro,preto com marcas brancas no peito,dourado,dourado com marcas brancas no peito part-color,(preta com branco),marrom com branco,ruão dourado,ou ruão com preto.
                                    Tamanho
 Macho de 39 a 41 cm
 Femeas dde 38 a 39 cm
                                                    Peso
 De 12 à 16 kilos,mas é possivel ter com maior peso.

 Obs:Os Cocalera dourado é (bravo)precisa ser treinado com diciplina.

Share/Save/Bookmark

Lhasa Apso


                     Lhasa Apso
   Pais de origem Tibete. Este cão existe há milênios no Tibete animal sagrado era educado nos templos e palácios e o mais belos representantes se encontravam com o Dalas – Lama. Ele é denominado  Apso (cabra do Tibete)pois seu pelo é parecido ao das cabras de seu Pais teria surgido no acidente,principalmente na Inglaterra,somente em torno de 1930,pois no pazeado,seu comercio era proibido.
   Em 1934,foi definido um  primeiro padrão oficial,foi introduzido na França por volta de 1950.

                                          Pelagem
  Dourado,areia,mel,cinza escuro,ardoso,fumaça,parti color. Varias cores distintas,preto solido,marrom solido,branco solido.
                                                 Temperamento
  Rustico,vivo,sempre em alerta,ousado,este cão tem uma forte personalidade,ele é um seguro de si mesmo,calmo,companheiro,sensível,gosta de crianças e uma agradável e amigo.
                                                     Tamanho
  Machos: Aproximadamente 25 cm.
  Fêmea: Um pouco menos.
                                                         Peso
 De 4 à 9 kilos.
Obs:Este animal,da mão de obracom pelos,precisa ser escovado diariamente e banho frequentes


Share/Save/Bookmark

Cocker Spaniel America

emeData">
             Cocker Spaniel Americano

O Cocker Spaniel Americano foi desenvolvido na América e reconhecido em 1882, pelo American Kenel Club. A partir de 1946 tornou-se muito popular e foi introduzido na França em 1956, também, com grande aceitação.
É um cão dócil, inteligente, calmo, e existe nas pelagens de cores preta, preto e canela, dourado e uma variante com manchas brancas.
Por ser um cão de pelo longo, exige uma tosa específica e requer um bom e constante tratamento de pelo.
O Cocker Spaniel Inglês é conhecido desde o século XIV e tem um temperamento forte, ciumento e tem uma boa relação com o dono. Por estas características, pode ser um bom cão de guarda.
Como o Cocker Spaniel Americano, também exige cuidados especiais com o pelo. No caso de opção por cão de guarda é comum a tosa completa, o que facilita nos cuidados.
Possui uma variedade maior de cores como: preto, dourado, “partcolor”, branco e preto, branco e laranja, azul ruão e dourado ruão. O dourado costuma ser mais bravo e exige muita autoridade do dono, para que possa dominá-lo. Uma boa dica é procurar observar o temperamento dos país, antes de adquirir o filhote, pois, pode trazer frustração.


                                Pelo
  Curto e fino sobre a cabeça de comprimento médio no corpo. As orelhas,o abdome m e os membros estão bem franjados. O pelo é sedoso,chato ou ligeiramente ondulado,apresenta sub pelo.
                                          Cor
  Unicolor preta,preta com as extremidades fogo ( de vermelho a amarelo).Admite-se em pouco de branco sobre o peito e ou na garganta toda a cor uniforme diferente do preto multicolores,duas cores bem definidas ou mais bem repartidas,uma delas devendo ser o branco os “Rouans”(pelos brancos e marrom muito misturados,são classificados como os multicolores.
  A cor fogo pode ir do creme mais claro,até o vermelho mais escuro e não deve abranger mais que 10% da pelagem .
  As marcas fogo estarão localizadas acima de cada olho,nas laterais do focinho e das bochechas,na face inteira das orelhas nas quatro patas,quatro membros,sobre o peito e sob a cauda.
                                              Tamanho
  Machos:De 36 à 39 cm.
  Fêmeas:De 34 à 36 cm.
Peso: em ambos os sexos de 10 à 13 kilos.

Share/Save/Bookmark

                      Maltes
  Raça muito antiga,cuja origem sob muito controvertidas. Os ancestrais desse pequeno cão viviam nos pastos e nas cidades costeiras do Mediterrâneo Central,onde caçavam os animais nocivos com certeza esse cão,ou outros cães muito similares estiveram presentes no Egito e na Grécia antes da nossa era e posteriormente na Roma Antiga .O geografo grego Estrabão relata que existia na Sicília,uma cidade denominada Meleta,de onde são exportados cães chamados “Canis Melite ri”.Apesar de dever seu nome a Ilha de Malta,nada prova que seja originário desta ilha,Ele foi apreciado pelos grandes nomes desta época e foi um dos favoritos da corte da Inglaterra na época de Elisabete I.
                        Pelagem 
  Cor branco puro admite-se uma tonalidade marfim pálidas são toleradas traços de que não deem a impressão de pelo sujo,o que constitui uma imperfeição.
   Pelo com comprimento sobre todo o corpo,reto em todo o seu comprimento sem ondulação ou ameis de pelo,de textura sedosa.
                                Tamanho
  Machos: 21 à 25 cm.
  Fêmeas: 20 à 23 cm.
                                   Peso
 De 3 à 4 kilos ambos os sexos.


Share/Save/Bookmark

Springer Spaniel Inglês

Springer Spaniel Inglês

  Estecão é um dos mais antigos cães de caça.O Spaniel da Idade Média seria seu ancestral ele descenderia do Spaniel de Norfolk.Os criadores Ingleses realizaram varios cruzamentos,particulamente com o antigo Water Spaniel.Ele estaria na origem de todos os Spaniel Frances.
  A caça foi oficialmente reconhecida em 1902.Ele se tornou o mais popular dos cães de caça das Ilhas Britânicas sua presença na França é relativamente recente.
                            Pelagem

 Marron e branco,pretoe branco ou um desses mantos com marcas fogo (do laranja ao avermelho).Pelo reto,resistente as intemperes nunca grosseiro,franjas na orelhas,membros e corpo.
                                                   
                                                       Tamanho
  Ambos os sexos até 510 metros.

                                                          Peso
  Ambos os sexos:22,5 kilos
 
                                                     Temperamento
 
  Pesistente,robusto,vigoroso,tonico,rapido,nariz fino,ele não teme nem o mato nem os terrenos umidos,ele tem mais recursos aos cockers.É um cão agil,precisa de espaço e tomar cuidado com seus ouvidos,pois é vulneravel a otites.
  Hoje ele é usado pra farejamento nas policias de varios paises.
 

Share/Save/Bookmark

quinta-feira, 25 de novembro de 2010

Faça doação de sangue, você pode salvar vidas - Blogagem Coletiva

Este é um “post” da Blogagem Coletiva por Doação de Sangue, com o tema: Doe Sangue e Faça Alguém Nascer de Novo, promovida pelo Ministério da Saúde, que visa conscientizar as pessoas para a importância e necessidade de se doar sangue, que é um ato simples e sem ônus pessoais de qualquer natureza e representa uma ação de solidariedade para dizer o mínimo, já que pode salvar vidas – literalmente – e ninguém está livre de um dia vir a precisar.

Doar sangue não doí, não “pega” doença e, como disse acima, salva vidas e, com certeza, vai fazer grande bem a você mesmo. Só quem já doou pode falar sobre esta sensação indescritível que é contribuir não só para a saúde, mas para a vida mesmo, do outro, que você nem conhece.

Os hospitais necessitam ter um estoque mínimo para atender as suas necessidades diárias e, ao que se sabe, eles estão sempre abaixo do minimo considerado como seguro. Logo, você é “convocado” para contribuir nesta luta, que não seria nenhum exagero afirmar que é uma campanha de salvação de vidas, uma campanha pela vida, mesmo.

Não por isso, mas, no dia em que doar sangue, você pode pegar uma declaração no banco de sangue e abonar o seu dia de trabalho, além de ter uma avaliação geral do seu sangue, e da sua saúde, que você pode conferir depois. Então, vá ao banco de sangue e aproveite para levar um amigo.

Para obter informações mais detalhadas sobre como proceder para começar a fazer a sua doação de sangue, clique no link: Doe Sangue e Faça Alguem Nascer de Novo

Share/Save/Bookmark

terça-feira, 9 de novembro de 2010

Shar-Pei



Shar-Pei
Este cão de origem chinesa muito antiga, existindo antes da nossa Era, vivia nas províncias do Sul do mar da China.
Parece que a cidade de (Dah-Let), na província da (Kwun Tung), seria sua localidade de origem.
Guardião de templos, cão de combate, caçador de javalis, ele também era utilizado para vigiar os rebanhos.
Em 1947, este cão foi banido da China.
Em 1970, alguns indivíduos foram exportados de Hong-Kong para os EUA e por volta de 1980, para a Europa.
O Shar-Pei, é o mais atípico das raças caninas,constitui um atrativo, considerável, como cão de companhia.
Existe também um mini Sharpei que mede 35 cm e pesa no máximo 15 kg. Ele não é reconhecido pela (Federação Cinológica Internacional) órgão que seleciona a cinofilia.
Sua tipicidade, recolhido, compacto sólido quadrado, bem estruturado e a pele pregueada.
Seu pelo e raso e eriçado, significado é (cão de areia).
Cores
Preta, fogo, marrom, bege e creme.
Tamanho
Machos e fêmeas: de 40 a 51 cm.
Peso
Aproximadamente 20 kg.
Temperamento
É um cão de temperamento dominador e geralmente é agressivo com seus congeneres, equilibrado,calmo e afetuoso com seu dono.
Este cão tem um problema com as dobras, que requer cuidados especiais para que não de odores.
É um animal muito gostoso de se ter quando se conhece.


Share/Save/Bookmark

sábado, 6 de novembro de 2010

Dogue Alemão


Dogue Alemão
| Sua descendência vem dos grandes molossos do tibete introduzido pelos Fenícios, é um cão
caçador, criado para a caça de (jacaré, lobo, urso), poderosos, ágeis, esbeltos.
Em 1878, todas as variedades foram agrupadas sob o nome de ( Dogue Alemão), seu padrão foi fixado no ano de 1890 na Alemanha.
O Doggem Club da França foi fundado em 1923, também conhecido (Dinamarquês).
É um animal harmonioso – robusto, poderoso, com força elegância, cheio de nobreza, porte real (Apólo dos cães) pele pegmentada de movimentos leves.
Este cão é conhecido popularmente como (Scoby-Doo)por ser muito brincalhão e pelo tamanho faz algumas peripécias.
Cores
Dourado, fulvo que é dourado indo para cinza, tigrado dourado com listras negras, cinza, preto,arlequim, plaqueado (preto com manchas brancas) e também o (cinza rato) que não é uma cor reconhecida.
Tamanhos
machos: no mínimo 80 cm
fêmeas:no mínimo 72 cm
Peso
Machos: de 50 a 90 kg ou mais
Fêmeas: no mínimo 50 kg
Temperamento
É o mais pacífico dos molossos, é gentil, dócil, terno, adora crianças, calmo, late muito pouco.
OBS. Este animal é muito forte e por isso não deve ser treinado para ataque, pois só seu tratamento impõe e se for treinado para atacar poderá se tornar perigoso; Outra coisa, em casa se sente como um poodle, se bobear quer colo, depois de ter um Dogue Alemão, seu dono dificilmente quererá outra raça.
Hoje de acordo com a cinofilia Internacional, é proibido o corte de orelhas.
Share/Save/Bookmark

domingo, 17 de outubro de 2010

Pit-Bull

Este animal foi desenvolvido com o cruzamento, na Inglaterra, dos cães Bulterrier e do Staffrdshire.

Os criadores americanos que o adotaram, fizeram dele uma varidade maior, mais poderosa que ocupou um lugar de escolha entre os cães denominados (Pit Bul), porquê os combates ocorriam em fossas (Pit-fossa).

Ele foi primeiramente reconhecido em 1936 pelo Kenel Club Americano sob o nome de Staffrdshire Terrier e depois em 1972 sob o nome de Staffrdshire Terrier Americano. Atualmente, o cão Inglês, Bulterrier de Staffrdshire e o cão Staffrdshire Terrier Americano, pertence a duas raças bem distintas.Os primeiros indivíduos foram introduzido na França em 1987.

  • Raça Terrier: do tipo Bul.
  • País de origem: EUA
  • Pelagem:Admite-se qualquer cor, pelagem unicolor, multicolor, bicolor ou tricolor com branco. A pelagem preto e fogo e fígado (marrom), não deve ser encorajada por ficarem mais ferozes.
  • Tamanho:Macho: de 46 a 48 cm - Fêmea: de 43 a 46 cm
  • Peso: Ambos os sexos de 17 a 40 kg
Temperamento:

Este cão tem a força de um Bulldog e a agilidade do Terrier é muito resistente, tenaz, de uma coragem proverbial. É usado para guarda e proteção. É independente e teimoso. É um companheiro fiel e afetuoso, guardião notável. É agressivo com seus congêneres. Deve ser disciplinado desde muito cedo. Encorajar as tendências agressivas deste cão é condenável por ser perigoso.

Sua educação deverá ser firme, porém sem brutalidade, não se trata de formar uma (arma) temível, excitando seu lado mordedor, mas de manter uma certa sensibilidade.

Observação: Se você se interessa em comprar um Pit Bul, preste atenção em alguns detalhes, para que após comprar você não se arrependa e o abandone na rua ou nas mãos de pessoas que querem, mas não conhecem a raça e, dependendo do tratamento ele poderá se tornar feroz. Portanto não é o animal que é violento e sim a forma como ele é tratado ou treinado.

É necessário que você antes de comprar um filhote desta raça, procure todas as informações sobre a mesma.
Existe hoje no Brasil uma campanha bem forte contra a raça, ela está proibida de ser comercializada em Pet-Shop ou feiras, para que não se proliferem nas ruas, causando acidentes, muitas vezes fatal.

Os criadores estão parando com a criação pois está sem comércio e o que é pior, é que quando tem ninhadas esporádicas, acabam doando os filhotes para quem não sabe lidar com a raça, e ao primeiro problema é solta na rua. Portanto, tenhamos uma atitude consciente para não causar danos, nem a nossa família e nem a dos outros.

O pit-Bull não é uma raça reconhecida pela Federação Cinológica Internacional da Bélgica. Os pedigrees desta raça são tirados com CPR.
Share/Save/Bookmark

segunda-feira, 11 de outubro de 2010

Atenção

Atenção
Você pode escolher um filhote de cães de raça pura ou não, com pedigree ou não, um lembrete, o pedigree reconhecido internacionalmente refere-se a Federação Cinologia Internacionalmente da Bélgica, pois há outros por aí que não é reconhecido e você pode ter descepção.
Share/Save/Bookmark

Arqueologia e a origem dos cães

A importância da arqueologia para o estudo da evolução do cão se distingue nos sítios arqueológicos da Europa, com vários tipos de cães.

Os maiores teriam se originado dos grandes lobos do norte (tinham o tamanho, na cernelha, dos atuais Dogues Alemães) e teriam dado origem aos cães nórdicos e os grandes cães pastores. Os menores, estão morfologicamente mais perto dos dingos selvagens atuais, e achariam suas origens nos lobos menores da Índia. Mas recentemente o cão foi confirmado como tendo sua origem a partir do aperfeiçoamento do lobo.

Os mais antigos esqueletos de cães descobertos datam de cerca de 30.000 anos. Eles sempre foram exumados em associação com o resto das ossadas humanas, e é a razão pela qual receberam em seguida a denominação de Canis Familiaris.

Parece lógico pensar que o cão doméstico descende de um canídeo selvagem pré-existente. Entre estes antecedentes em potencial figuram o lobo (Canis Lupos) o Chacal, (Canis Auros) e o coiote (Canis Patrans). A partir daí várias outras raças de cães foram e estão sendo criadas até hoje.
Share/Save/Bookmark

domingo, 10 de outubro de 2010

O cão e sua origem

O cão e sua origem
Segundo os historiadores o cão existe desde a Era Terceária e por pesquisas através da arqueologia o cão descende do lobo-do-chacal e do coiote chamado de (Canis Entrusio) datando de cerca de 1 a 2 milhares de anos, é atualmente considerado apesar do seu pequeno tamanho, como o ancestral do lobo na Europa, enquanto Canis Cy-pio, que habitava na região dos Pirineus há cerca de 8 milhões de anos, parece ter sido a origem do Chacal e do coiote atuais.
Share/Save/Bookmark

sábado, 9 de outubro de 2010

O cão na Publicidade

O cão na publicidade
Há uns 50 anos mais ou menos, o cão passou a ser usado em propaganda com muita criatividade.
Os publicitários viram uma ótima possibilidade para convencer o público para vender mais o produto ao qual sua propaganda chama a atenção do público.
Com o uso na publicidade tornou-se um dos componentes indispensáveis da nossa sociedade de consumo. Não se contenta mais em promover um produto, ela lança moda com a preocupação de sempre pesquisar o que agrada o consumidor.
Share/Save/Bookmark

Terrier Preto Russo


Terrier Preto Russo
Este cão foi criado pelos russos no início do século XX é um cruzamento das raças AIREDALE TERRIER,com o SHINAUZER gigante e o ROTTIWELER, foi utilizado para guarda de edifícios militares, o maior dos Terriers, é muito raro fora da Rússia, foi reconhecido pelo F.C.I em 1984.
Este cão, tem a pelagem preta as vezes com sub-pelo cinza para se misturar na escuridão da noite, portanto um ótimo guarda dos Exércitos.
É um cão de ossatura e musculatura maciças, movimentos leves e harmoniosos.
Está entrando no Brasil desde o final do século XX.
É um cão de personalidade forte, mordedor, tem reações de defesa muito vivazes, necessita de educação total.
É um cão que não se adapta a pequenos espaços e nem em apartamentos.
Este cão embora sendo criado por vários cruzamentos tem o seu próprio temperamento.
Tamanho
Machos: 66 a 72 cm
Fêmeas: 64 a 70 cm
Peso
Aproximadamente 40 kg.
Share/Save/Bookmark

domingo, 3 de outubro de 2010

Dogue de Bordoux


Dogue de Bordoux

Origem França, Molosso é um dogue único na França poderia descender dos Molossos Romanos e dos Dogues Espanhóis.

É conhecido no Sudoeste da França desde a Idade Média sob o nome de (Alano Voultre) antigo Dogue de combate e de caça.

No século XVIII, Bufhon o descreveu sob a denominação de Dogue de Aquitânia.

O padrão desta raça foi oficializado em 1926, depois de alguns cruzamentos com os Mastifes.

Cores

Acaju ou fulvo, pelo curto.

Tamanho

Machos: 60 a 68 cm

Fêmeas: 58 a 66 cm

Peso

Machos: 50 kg pelo menos

Fêmeas:45 kg pelo menos

Temperamento

Antigo cão de combate, ótima para guarda, função que assume com grande coragem é anti-social com estranha calma, sensível e muito dedicado ao dono.

OBS.É muito ciumento com o dono, as vezes reage com outras pessoas por ciúme.



Share/Save/Bookmark

terça-feira, 17 de agosto de 2010

Cane Corso

O Cane Corso é de origem italiana e foi descendente direto do grande molosso romano que existia antigamente em toda a Itália. Ele manteve-se na província de Publia e nas regiões limítrofes dessa província da Itália Meridional. Seu nome deriva do latim, Cohors, que significa, pátio de fazenda, recinto.

Foi criado como protetor de fazendas, dos pátios de uma propriedade fechada, casa e chácaras. O Cane Corso apareceu no século XVI. Não encontrei seu reconhecimento ou ano de aceitação pela Federação Cinológica Internacional.

Características:

Pelos: Curtos, muito cerrados e com sub pelo leve.

Cores: Preta, cinza chumbo, cinza ardósia, cinza claro, fulva clara, vermelho cervo, fulvo escuro, rajado (riscas entre o fulvo ou cinza de tonalidades diferentes). Os indivíduos fulvos e rajados teem no focinho, uma máscara preta ou cinza, uma pequena mancha banca no anti peito, na ponta das patas e na cana nasal, como características admitidas.

Tamanhos:
Machos: de 64 a 68 cm.
Fêmeas: de 60 a 64 cm.

Pesos:
Machos: de 45 a 50 kg.
Fêmeas: de 40 a 45 kg.

Temperamento:
Cão rústico,enérgico, intrépido, equilibrado, doce e afetuoso com seu dono. Mostra-se tolerante e jovial com crianças, embora seja desconfiado com estranhos. É muito fácil de adestrar. Recomenda-se escová-lo pelo menos uma vez por semana.

Utilidades: Como cão de guarda, companhia e pastoreio.

Share/Save/Bookmark

terça-feira, 3 de agosto de 2010

Pinsher

Pinsher

Não se conhece qual foi o desenvolvimento da raça alguns acham que na sua criação foi usada uma antiga raça Alemanha,ascemelhada as do S'hnauzer, proviniente por sua vez do antigo terrier preto e fogo,ele foi utilizado para a criação de varias raças na Alemanha das quais o Dobermann, o Phnsher médio ou (Pinsher), foi reconhecido em 1879 e um pinsher-Klub foi criado em 1895.

O Pinsher médio é menos difundido,que o Pinsher Anão Ficaram mais conhecidos após ter sido entroduzido na França a partir dos anos de 1950, sua origem e Alemanha.

Pelagem

Pelo curto cerrado bem assentado.

Cores

Unicolor,fulvo ou marrom com varias tonalidade,ate o tom avermelhado Bicolor:preto com marcas fogo vermelho são distribuidas da seguinte formam,acima dos olhos,pescoço,no antipeito,no metacarpo, nas patas,na face interna dos membras posteriores e na região anal.

No Pinsher Anão as marcas se encontram também nas bochechas, nos beiços e no maxilar inferior.

Tamanho

Médio de 43 à 58 cm.

Anão de 25 à 30 cm.

Peso

O médio pesa de 12 à 16 kg.

O anão pesa de 2 à 4 kg

Temperamento

Vivo,vigilante,corajoso,e muito decidido a familia companheiro agradavel.O Pinsher anão é mais agitado,tem um temperamento que gosta de latir e precisa ser educado,com firmesa,pois adora um calcanhar nas pessoas estranha.

Obs:Não tem muita paciencia com crianças,é um grande cão para avisar quando vê estranhos,não é muito bom para apartamento,´pr causa do latido.

É um animal de vida longa se não tiver nenhuma doença grave.



Share/Save/Bookmark

quinta-feira, 22 de julho de 2010

Bullmastiff


Bullmastiff
Este cão é um feliz cruzamento entre um Bulldog (rápido e ativo) e um Mastiff (grande e pesado), foi criado no século XIX, para guardar as grandes propriedades após uma rígida formação a raça foi reconhecida pela federação Cinológica Internacional no ano de 1924.
Peso
Machos: 50 a 59 kg
Fêmeas: 41 a 50 kg
Tamanho
Machos: 63 a 68 cm
Fêmeas: 61 a 66 cm
Cor
Qualquer tom de rajado vermelho ou fulvo, a cor deve ser pura e nítida, uma ligeira marca branca no peito é aceita, máscara preta no focinho, olhos contornados de marcas escuras.
Pelo
Curto, áspero bem assentados.
Temperamento
Sólido, criativo, ágil, resistente, equilibrado, cheio de ardor, muito vigilante, corajoso é um excelente cão de guarda fiel, manso, ótimo companhia para crianças é um cão que não late quase nada, é bom educá-lo precocemente.
OBS. Não serve para apartamento ou espaço pequeno.
Deve ser escovado regularmente e limpos as suas dobras, banhos no máximo três vezes por ano, quanto menor o banho mais o pelo terá odores, é um ótimo cão de companhia.
Share/Save/Bookmark

Boiadeiro de Flandres


Boiadeiro de Flandres
Este cão foi desenvolvido para ser usado em fazenda, como ajuda na lida com animais. Sua origem foi da região de Flandres, foi criado a partir de cruzamento de várias raças.
Durante a primeira guerra mundial ele foi quase extinto, logo após criadores Flamengos reconstituíram a raça a partir de alguns exemplares que havia escapados da guerra, seu reconhecimento pela Federação Cinológica Internacional em 1965.
Peso
Machos:35 a 40 kg
Fêmeas: 27 a 35 kg
Tamanho
Machos: 62 a 68 cm
Fêmeas: 59 a 65 cm
Cor
Coloração do preto até o fulvo, algumas vezes rajado ou cor de carvão e também cinza suave no anti-peito é admitido pelagem claras chamadas desbotadas, mas não é bem aceita.
Pelagem
Tipo do pelo, mediamente longo (6 cm) é áspero seco, opaco, ligeiramente espetado sem ser lanoso nem ondulado, o pelo da cabeça é mais curto, bigodes e barbas bem fartos, o sub pelo é denso.
Temperamento
Cão muito rústica franco dominador energético de um temperamento equilibrado, calmo e um obediente ousado cão com personalidade, é um pouco brusco de um único dono, exportivo, cheio de energia vigilante e dócil, precisa de um comando firme, invocado com os estranhos. É um cão de fazenda na guarda e condução dos rebanhos do gado, sua grande qualidade de farejador foram muito apreciado pela polícia. Sua pelagem requer escovação duas ou três vezes por semana e banho somente três ou quatro vezes ao ano que poderá ser feito em casa ou em um PET-SHOP, nesse caso, deverá ser feito uma sessão de término.
OBS. Este cão não serve para apartamento ou espaço pequeno. Lembre-se que quanto menos banhos melhor para não ter odores no pelo.
Share/Save/Bookmark

Mensagem

Mensagem
Olá amigos, peço desculpas pelo tempo que fiquei sem escrever é que fiquei doente mas agora se Deus quiser eu estou voltando e tenho certeza que não vou mais faltar, agradeço pelas visitas que fizeram no meu blog.
Share/Save/Bookmark

Venda de filhotes é proibida nos EUA

Clique na imagem para ampliar
Pet shops de pelo menos 35 cidades dos EUA atenderam aos pedidos de grupos pelos animais e baniram a venda de filhotes, conscientizando possíveis compradores a respeito da adoção.

De acordo com matéria publicada no site da UPI, centenas de donos de comércios da nação já pararam de vender animais e algumas cidades estão proibindo, por lei, a venda de cães, gatos e outros bichos pequenos.

O apelo por “pet shops amigas dos animais” foi promovido pela Humane Society dos Estados Unidos, a maior organização americana de proteção animal.

Essas lojas dão um exemplo positivo de responsabilidade que outras empresas deveriam seguir”, disse a diretora da campanha antifábrica de filhotes da HSUS Stephanie Shain. “Pet shops que se beneficiam da indústria cruel de filhotes precisam fazer a coisa certa e parar de vender animais. Abrigos do país todo estão lotados de animais que precisam de um lar.”


Share/Save/Bookmark

segunda-feira, 19 de julho de 2010

Gatos diabéticos e cães obesos e deprimidos

É notório que o contato e/ou a convivência com animais de estimação – sobretudo de cães e gatos – faz muito bem aos humanos desde longas datas. Provavelmente como alimento, segurança, companhia e, agora, como suporte afetivo-emocional, inclusive, recomendada por médicos e terapeutas como recurso para aliviar a solidão e a vida solitária.

O mesmo não podemos dizer para os beneficentes – gatos e cães – já que notícias que rolam na mídia reafirmam um fenômeno que vem ocorrendo cada vez com mais frequência. São os gatos diabéticos com uso contínuo de insulina, outros com depressão tomando prozac e outro tanto – gatos e cachorros – tomando anti-hipertensivos, além da obesidade, com regimes e rações especiais para emagrecimento.

Não se sabe se é o “tranco” de aguentar as neuras dos seus donos ou a proximidade excessiva, notadamente em apartamentos, com os seus hábitos – como poderíamos dizer? – pouco saudáveis. Como o cão, dizem, é o retrato do dono, será que com os gatos está acontecendo o mesmo fenômeno?

Os cachorros têm uma “genética adquirida” com a domesticação milenar, de mais docilidade e submissão, com exceção dos transgênicos: pitbulls, rotwaillers, dobermans e cia, e os gatos têm uma índole mais independente, daí a crise, já que vêm levando uma vida de cachorro.

Publicado originalmente no blog Coluna do Leitor

Share/Save/Bookmark

domingo, 30 de maio de 2010

Belga


BELGAS (PASTOR DE MALINOES OUTROS)

Origem reconhecida Bélgica segundo os estudos dos pesquisadores ele descende dos rebanhos da Europa Central ou de ou de cruzamento entre raça locais de Mastim e de DEERHOND,vindos da Inglaterra no século XIII-no século XIV existia na Bélgica uma grande variedade de cães autótones
parecido com cães de pastoreio de cores e textura de pelo muito diverso.
As primeiras seleções ocorreram por volta de 1885;e o clube do Pastor Belgas foi criado em 1891,por um professor de ZOOTECNIA de nome A.RAUL que estabeleceu os fundamentos de identificação racial,com primeiro padrão em 1984,após ter distinguido quatro variedades.
PELOS
Sempre abundante,serrado sob-pelo lanoso crina culote nas coxas. Pelo longo (curto na testa) MALIONES pelo duro (áspero secura do pelo eriçado de 6 cm LAIKNOES.
PELAGEM
A mascara deve abranger os lábios superiores e inferiores a comissura dos lábios e pálpebras numa única área preta tervurem pelagem fulva carbonada (a preferida)
MALINOES:unicamente fulva carbonada com mascara preta. GROENANDEL:unicamente preta opaca. LAECKNOES:fulvos com marcas cor de carvão principalmente no focinho e na calda.
TEMPERAMENTO
Sensível,impulsivo,muito vivas em suas respostas aos diversos estímulos vigilante atento com uma personalidade forte,mais por vezes agressivos com estranhos,não é um cão para apartamento e nem casas sem quintal pois precisa de execícios,são cães muito sensíveis,não suporta a brutalidade,são cães ao qual não reagem bem ao um treinamento agressivos. Sua escovação deve ser semanal banhos trimestrais ou se fizer necessário
Share/Save/Bookmark

Pastor de Shetland


PASTOR DE SHETLAND

País da formação da raça reconhecida Grã-Bretanha, é provável que tenha surgido a partir do cruzamento entre o Collie Escocês, o “YAKKIE” ou “YAKKIN” Islandês, cão dos baleeiros da Groelândia, e o Spitz dos pescadores (Escandinavos).
Seu nome passou a ser Pastor de Shetland, oriundo das Ilhas de Shetland, ao norte da Escócia também levanta-se a hipótese que tenha original do King-Charles Spaniel recebeu o apelido de SHELTIE e se parece com o Collie de pelo longo só que em miniatura, o seu clube foi criado em 1908, nas Shetiland introduzido na Inglaterra no final do século XIX, somente foi reconhecido oficialmente em 1914 padrão complemento ligeiramente maior a altura da cernelha é bem equilibrado peito alto, costela arqueada dorso reto.
PELAGEM
Longo, reto, duro, sub-pelo mas curto e cerrado, juba e peitoral revestido de uma pelagem abundante conferindo-lhe um ar amargestoso, membros anteriores e posteriores bem franjado cores zebelina clara de sombreados, desde o dourado pálido até o acaju intenso, tricolor preto intenso marcas fogo intenso e branco, azul merli, azul claro prateado, manchado e marmorizado em preto e em preto e branco, preto fogo.
TEMPERAMENTO
Cão ativo, vigilante, alegre de temperamento dócil, afetuoso manso, e fácil de educar. Jamais medroso, ladrador.
OBS. Deve ser escovado duas vezes por semana no mínimo ele também troca de pelo e quando isso acontecer, escovar mais vezes para que não solte tanto pelo.
É um cão utilizado para companhia.
Share/Save/Bookmark

sábado, 29 de maio de 2010

Komondor


Cão dos Pirineus
Este cão, embora seja reconhecido como originário da França, tem como seus ancestrais os molosso Dogue de Tibete, introduzido na Europa por ocasião das invasões asiáticas conhecidas desde do século XVII, ele protegia o Pastor e o rebanho contra os lobos e os ursos, guardava as casa e os castelos e ele recebeu as Honras da corte de Luís XV seu primeiro clube foi fundado em 1907, os clubes ARGELES e CAUTERETS estabeleceram o primeiro padrão, que foi admitido nos anos 60. Ele faz parte das raras raças Francesas bem implantadas no estrangeiro, particularmente nos EUA.
Ele é da classe molosso, tipo Montanhês é um cão importante, pescoço forte bastante duro, dorso reto, largo e firme, peito largo e profundo, costela ligeiramente arredondada.
Flanco pouco descido, garupa ligeiramente oblíqua, membros, sólidos,franjados, ergots duplos nos membros posteriores, patas pouco alongadas, compactos com dígitos ligeiramente arqueados.
Pelos
Longos, acamado, leve e bem farto, mas longo na cauda nas coxas e no pescoço onde pode ondulas ligeiramente sub-pelo denso e lanoso, é um cão que troca de pelo sempre que mudar a temperatura por isso deve ser escovado constantemente para que não fique derrubando pelo toda hora.
Cores
Brancas, com ou sem manchas cinzas ( ou o castor) amarelo claro ou laranja na cabeça e na raiz da cauda, a mais apreciadas são as manchas Castor, admitem-se manchas no corpo.
Temperamento
É um cão muito independente orgulhoso, dominador, bastante difícil é indispensável uma educação firme e bem precoce para poder manter-se dono desse cão afetuoso, protetor e muito manso com as crianças guardião inato altamente dissuasivo podendo ser terrível e um guarda excelente.
Tamanho
Machos de 70 a 80 cm
Fêmeas de 65 a 72 cm
Peso
Tanto macho quanto fêmea aproximadamente 60 kg.
Share/Save/Bookmark

Cão dos Pirineus



Cão dos Pirineus
Este cão, embora seja reconhecido como originário da França, tem como seus ancestrais os molosso Dogue de Tibete, introduzido na Europa por ocasião das invasões asiáticas conhecidas desde do século XVII, ele protegia o Pastor e o rebanho contra os lobos e os ursos, guardava as casa e os castelos e ele recebeu as Honras da corte de Luís XV seu primeiro clube foi fundado em 1907, os clubes ARGELES e CAUTERETS estabeleceram o primeiro padrão, que foi admitido nos anos 60. Ele faz parte das raras raças Francesas bem implantadas no estrangeiro, particularmente nos EUA.
Ele é da classe molosso, tipo Montanhês é um cão importante, pescoço forte bastante duro, dorso reto, largo e firme, peito largo e profundo, costela ligeiramente arredondada.
Flanco pouco descido, garupa ligeiramente oblíqua, membros, sólidos,franjados, ergots duplos nos membros posteriores, patas pouco alongadas, compactos com dígitos ligeiramente arqueados.
Pelos
Longos, acamado, leve e bem farto, mas longo na cauda nas coxas e no pescoço onde pode ondulas ligeiramente sub-pelo denso e lanoso, é um cão que troca de pelo sempre que mudar a temperatura por isso deve ser escovado constantemente para que não fique derrubando pelo toda hora.
Cores
Brancas, com ou sem manchas cinzas ( ou o castor) amarelo claro ou laranja na cabeça e na raiz da cauda, a mais apreciadas são as manchas Castor, admitem-se manchas no corpo.
Temperamento
É um cão muito independente orgulhoso, dominador, bastante difícil é indispensável uma educação firme e bem precoce para poder manter-se dono desse cão afetuoso, protetor e muito manso com as crianças guardião inato altamente dissuasivo podendo ser terrível e um guarda excelente.
Tamanho
Machos de 70 a 80 cm
Fêmeas de 65 a 72 cm
Peso
Tanto macho quanto fêmea aproximadamente 60 kg.
Share/Save/Bookmark

domingo, 16 de maio de 2010

Old Inglish Shepdog


OLD INGLISH SHEPDOG
Este cão também é conhecido como (BOSTAIL), sua origem é controvérsia a quem diga que tenha surgido de um cruzamento muito antigo, com as raças de cães de Pastor, dos quais o MASTIN ITALIANO (atualmente instinto) trazido pelos Romanos.
Outros acreditam que seria o resultado de cruzamento entre cães Pastores Insulares e continentais
(PULI e BRIARD).
De qualquer modo, existe a séculos, já que aparece representando uma pintura de (GAINSHORONGH), datada de 1771 foi apresentado pela primeira vez em uma exposição em 1873 em BIRMINGHAM 1888 na Grã-Bretanha, foi em 1900 que o primeiro Clube foi fundada nos Estados Unidos.
Na França era desconhecido a raça até 1973.
Sua origem é a Grã-Bretanha.
PELAGEM
Abundante, áspero, isento de cachos, pelagem abundante nos posteriores, do que no resto do corpo. Sub-pelo suave e densa, todas as cores de cinza claro, grafite todas com branco.
TAMANHO
Macho: no mínimo 61 cm.
Fêmea: no mínimo 56 cm.
PESO
Ambos de 25 a 30 kg.
TEMPERAMENTO, APTIDÕES, EDUCAÇÃO
Dotado de um grande vigor, brincalhão, não é medroso e nem agressivo, muito afetuoso e dócil e vigia muito bem as crianças.
OBS. Adapta-se muito bem em apartamento, desde que tenha sempre a companhia do dono, tem boa assimulação com o calor.
Atenção, esta raça requer muita atenção com a pelagem, precisa ser escovado todos os dias, senão se transforma num montão de nós (embaraços).
Banhos devem ser mensal, ou quando estiver sujo.
Pense bem ao escolher este cão, quando é pequeno tem pelo curto, quando cresce se torna difícil a manutenção do pelo.
Share/Save/Bookmark

sexta-feira, 14 de maio de 2010

Poodle


POODLE
Este cão também denominado caniche pelo fato deste cão ter sido utilizado para caça a pássaros aquáticos o que lhe valeu a alcunha de Chien á carne (pato), cão de caça de patos ou Canichan originando o termo caniche. Também e denominado o cão carneiro. Devido ao aspecto do seu pelo.
Segundo BUFFON, sua origem seria africana. Ele descenderia do BARBET da Africa do Norte introduzida pelos Árabes na península Ibérica onde ele teria sido cruzado com o cão Português e onde ele teria ganho toda a Europa estabelecendo origem na França. Assim a FCI reconheceu oficialmente em 1936 esse país como o berço da raça. No mesmo ano foi publicado o padrão oficial da raça.
Em 1922 foi criado o clube dos Poodles em Paris. Ele então primeiramente cão da caça d'água, depois tornou-se cão de madame.
Era o cão adotado por Luís XV, sendo após Miniaturizado por Luíz XV.
Existe quatro tamanhos desta raça reconhecido mais o Poodle grande foi abandonado sendo priorizado os de menor tamanhos que são (o anão o miniatura e o toy ).
Ele atingiu sua grande popularidade no século XIV e XX.
Adaptado a todos os tipos de vida como caça, circo, divertimento. O Poodle foi o cão de companhias mais difundido no mundo; mais essa raça foi em larga produção e houve uma mistura de tamanho e maus tratos do criador para diminuir o tamanho, outro cruzamento com cores saindo cores não reconhecidas.
CORES
Preto, marrom ou chocolate, cinza, amarelo guaraná, marrom, cinza e amarelo guaraná devem ser uniformes. Também existe o RED que não é reconhecido que é uma mistura do chocolate, preto e
branco, tem que saber como cruzar para tirar essa cor;existe a fixação da cor.
PELAGEM
O RED tem pelagem sebosa. Os outros todos tem pelagem lanosa que é a certa.
TAMANHOS
de 45 a 60 cm – GRANDE
de 35 a 45 cm – MÉDIO
de 28 a 35 cm -ANÃO
até 28 cm -MINIATURA
abaixo de 25 cm é o micro ao qual é fora do padrão.
PESO
Grande até 22 kg
Médio até 12 kg
Anão até 7 kg
Miniatura menos de 7 kg
TEMPERAMENTO,APTIDÕES E EDUACÇÃO
Ativo, positivo, alegre, muito esperta, inteligente, sua fidelidade é proverbial dotado de uma grande capacidade de adaptação e sociável, seu bom caráter o torna um grande cão de companhia ele conservou suas qualidades de cão de caça, nadando muito bem e com um faro super desenvolvido, sua educação deve ser firme para que ele não se torne chato ele não se reconhece como um cão, mas sim um membro da família, ele sabe quando o dono sai para trabalhar, quando vai passear, quando é a vez dele passear, quando vai chegar visita fica todo fogoso, ele vive em qualquer lugar, não gosta de solidão pois pode ficar estressado.
PELAGEM E TRATAMENTO
Deve ser escovado e penteado diariamente o banho deve ser semanal ou no mínimo quinzenal, é um cão muito limpo, não derruba pelo, seu pelo só cai quando quebra por causa dos nós, e também quando o cão não está bem de saúde, outro problema são as orelhas pois o mesmo tem pelos dentro das orelhas que requer limpeza semanal.
TOSAS
Existem mais de 200 tipos de tosas, para exposição, a sela inglesa e quando tem menos de um ano a tosa chama-se PUPPY, na tosa PET que é para companhia, mais comum e a tosa verão, que raspa baixo o corpo, deixa topete, orelha e pompom nas pontas ao rabo, tem do mesmo jeito com polaina nas patas outros tosam total e também tem o corte PAPION que é um cruzamento tosado nas costas.
OBS. Hoje pela cinofilia internacional é proibido o corte do rabo.
Utilizado como cão de companhia. Ele não tem troca de pelo e é por isso que não derruba pelo.
Share/Save/Bookmark

quarta-feira, 12 de maio de 2010

Beard Collie


Bearded Collie
Para alguns essa raça descende da Komandor da Europa Central seria seu ascendente mais afastado.
Para outros,ele seria o fruto do cruzamento entre um Pastor Escocês e um Pastor Polonês,o Nizinny .O Collie barbudo vem da região dos Highlands na Escócia do século xx , quase desapareceu, suplantado pela Boistal graça a uma cuidadosa escocesa, a raça renasceu a partir de 1950 e não cessado se desenvolver. Chegou a França em 1976.
Temperamento:aptidões e discussão equilibrado, viva autoconfiante nem muito agressivo, alegre, muito brincalhão, afetivo , muito agarrado ao dono, adora crianças, não suporta a solidão, late facilmente mas revela ser um bom guardião dotado de um olfato excelente. Uma educação precoce, firme mas sem rudeza é indispensável e conselha-se adaptado em apartamento, mas precisa passear para não se extresar .
Pelagem:longa, chata, aspera, forte e desalinhado. Partes das bochechas e do queixo comprimento dos pêlos aumentam para formar a barba típica sub pêlo dente cerrado.
Cores:Cinza, fulvo avermelhado, preto e azul, todas as tonalidades de cinza, marrom e sabe com manchas brancas.
A pelagem torna apenas sua cor definitiva aos três anos. Clareando e escurecendo.
País de origem:Grã-Bretanha.
Este animal precisa de escovação três vezes por semana e banhos somente mensal.
Tamanho:machos:de 53 a 56 cm.
Tamanho:fêmeas:de 51 a 53 cm.
Peso:de 20 a 30 kg.
Share/Save/Bookmark

Kuwasz


KUWASZ
Originário da Hungria, pensa-se que ele foi introduzido na Hungria pelo povo de pastores nômade de origem Turca, que chegaram a Hungria durante o século 13, sob a pressão dos Mangões. A origem do KUWASZ devem por essa razão devem ser relacionada com o cão de Pastor provinientes
do Oriente no século 15, o Rei Mathias primeiro utilizava o KWASZ para caça grossa, ainda que este cão tenha mais aptidões para caçar as ovelhas do que para caçar javali.
Até o século 19 foi utilizado como cão de guarda dos rebanhos. Depois destinou-se quase exclusivamente a guarda das grandes propriedades(KUWASZ ; sentinela) . Muito popular em seu país sua criação no estrangeiro permanece pouco desenvolvida exceto nos E.U.A.
PELO:Forte, ondulado e longo no corpo, juba que se estende em forma de gravata no pescoço e franja na face caudal dos membros.
Na cabeça e na face dos membros o pelo curto e rígido.
CORES:branca, o marfim é tolerado.
TAMANHO:macho de 71 a 75 cm
fêmea de 66 a 70 cm.
PESO:Macho de 40 a 52 kg
Fêmea de 30 a 42 kg
TEMPERAMENTO:Cão, fiel, corajosa em qualquer circunstância mas que não demonstra seus sentimentos, muito resistente sobre dotado de um fará muito desenvolvido, foi utilizado antigamente para caçar o lobo e o javali.
CONSELHO:Não se adapta em apartamento, precisa de espaço e de exercício, precisa ser escova-do diariamente para evitar a formação de nós.
UTILIZÇÕES:Pastoreio, guarda e companhia.
Share/Save/Bookmark

domingo, 9 de maio de 2010

Border Collie


Border collie

É um cão de origem Nórdica que guardavam os rebanhos de rênna é provável que tenha sido para as Ilhas Britânicas pelos VICKINGS, e que tenham sido cruzados com as raças de pastoreio locais
Deve seu nome à região dos vales de BORDERS, fronteira entre a Inglaterra e a Escócia, onde a raça se desenvolveu, é o mais difundido dos Collies e continua na guarda dos rebanhos para o qual é utilizado desde o seculo XVIII.
A raça foi apenas fixada no século XIX, e reconhecida pelo Kennel Club em 1976 e em 1985 pela SCC, chegou a FRANÇA em 1970.
PE4LAGEM
Duas variedades de pelo semi-longo com uma juba, culote e uma cauda de raposa; Pelo curto em ambos os casos o pelo é denso e de textura média e sub-pelo denso e macio.
CÕRES
mescla ou preto,lista e parte dos membros inferiores branco o resto é preto todas as cores são permitidas, o branco jamais poderá ser dominantes.
TEMPERAMENTO-APTIDÕES E EDUCAÇÃO
Cão vigoroso, ardente, tenás, trabalhados, muito dócil, muito dedicado a seu dono, receptivo porque é atento e inteligente, reservado com estranhos, mas jamais medroso ou agressivo.
Dotado de um olfato potente possui um olhar com um poder extraordinário e utilizado para trabalhar com o seu dono.
Trabalha á distancia fixando inteiramente parecendo hipnotizar o gado aproximando-se ratejando como um cão de caça é o que mais se destaca nos concursos com rebanho.
É um cão robusto que não exige tantos cuidados com a pelagem
obs; ao ser reconhecido para o Kennel Club foi reconhecido como originário da GRA-BRETANHA.
Share/Save/Bookmark

Collie


COLLIE PELO CURTO E LONGO

A origem da raça é indecisa, pois alguns acham que poderia ser descendentes, dos cães de guarda de rebanhos da Escócia, Após diversos cruzamentos na sequência das invasões romanas e da intervenção muito antiga dos criadores Ingleses que trabalharam a partir de pastores de cauda curta e de cauda longa por outro.
Êste cão tornou-se um soberbo animal de ar aristocrático que conhecemos.
A origem do seu nome também é muito controverso, alguns pensam que poderia da palavra (COLLEY) a variedade de ovelhas escocesas de mascaras e caudas pretas que o pastor escocês guardavam antigamente; Outros acreditam viriam de (COLLAR) colar devido a sua linda crina.
A variedade de pelo curto é muito menos conhecidas que o pelo lango.
Em tese a origem é a GRÃ-BRETANHA.
TEMPERAMEN TO.
CÃO vivo ativo na maioria das vezes equilibrado, porem as vezes ansioso e tímido, inteligente, suave, sensível, como exemplo o cão (LASSIE) dos filmes memoráveis do cinema, exelènte companheiro, não é agressivo e sua educação deve ser com suavidade.
PELAGEM
Treis cores são reconhecidas, dourado claro ao acaju intenso, tricolor preto dominante com manchas fogo nos membros e na cabeça e coleira branca, azul merle prateado,manchado e marmorizado em preto.
TRATAMENTO DA PELAGEM.
Êste cão possue uma pelagem que exige cuidados , deve ser escovada, pelo manos treis vezes por semana, banhos de preferência mensalmente, não se deve dar muitos banhos seguido,porque forma muito sub-pêlo lanoso e solta muito pelo na escovação.
TAMANHO
machos de 56-a-61-cm
fêmeas de 51-a-56-cm
PESO
machos de 20-a-29-kg
fêmeas de -18-a-25-kg
É usado como pastoreio e campanhia e em aguns paises é usado como guia de cego e na policia.
Share/Save/Bookmark

segunda-feira, 3 de maio de 2010

Pastor Alemão


PASTOR ALEMÃO

É o cão numero 1 na cinofilia mundial.
É conhecido como cão lobo, no século xIx, um capitão chamado
VON STEPHAERTZ, promoveu uma seleção para aperfeiçoar a raca usando as variedades dos cães pastores do Centro e os do Sul da Alemanha com o objetivo de criar um cão de utilidade altamente qualificado
Êste cão depois de selecionado apareceu pela primeira vez na exposição de (HAVÕVER) EM 1892 E o Club Alemão foi criado em 1899 e se tornou o club da raça mais importante do mundo.
Durante a Primeira Guerra Mundial, o cão pastor Alemão mostrou logo o seu talento detectado os gases, como centinéla,otimo auxiliar na prestação de socorro.
O pastor alemão se tornou o arquiteto dos cães de utilidades e também graças a sua adaptalidade o numero (um) da Cinofilía Mundial
TEMPERAMENTO
É um cão docil, corajoso ,inteligente, fiel, possue um dos melhores faro, possue uma real capacidade de aprendizagem e se sente alegre po poder ser útil, adora crianças e age as vezes como babá.
UTILIZAÇAO; como pastoreiro,resgate. Defesa, guerra, farejador, guia de cego é muito utilizado na Policia Militar.
CORES
Preto com marrom avermelhado, marrom ou amarelo até o cinza claro, preto e cinza uniforme sendo o cinza encarvoado ( assombreado ) , todos com manta e mascara preta amarelado, pequenas manchas brancas no anti-peito, são toleradas, esta raça tem subpelo cinza.

TAMANHOS
Machos de 60-a-65-cm.
Fêmeas de 55-a-60-cm.
PESO
Machos de 30-a-40- kg.
Fêmeas de 22-a-32- kg.
Share/Save/Bookmark